CATEGORIAS DICAS FILMAGEM OZI VLOG

MONITORAÇÃO COM DSLR

12 de outubro de 2018

author:

MONITORAÇÃO COM DSLR

Olá, pessoal! Ter uma boa fonte de monitoração da sua câmera no momento da gravação é uma excelente forma de trabalhar. Trabalhar com um bom monitor, ou mesmo com um viewfinder eletrônico, pode fazer toda a diferença em produções mais elaboradas.

Isso pode funcionar seja para sua própria referência de imagem, ou mesmo para exibir para um diretor no set de filmagem, por exemplo.

Confira o OZI Vlog #196, no qual Maurício Fonteles fala sobre duas formas de monitoração diretamente na câmera.

Duas formas de Monitoração para DSLR

Primeiramente, Maurício apresenta o Monitor Small HD DP4, um modelo já fora de linha. Contudo, ele funciona muito bem e já possui novas versões.

Com ele, além de monitorar a imagem que sai da câmera, você pode transmitir para outra tela via saída HDMI. Este benefício pode ajudar na hora de enviar imagem para uma equipe de direção dentro do set, por exemplo.

O interessante deste equipamento é a mobilidade que ele oferece, especialmente em câmeras cujo display não possui essa facilidade. Além disso, poder enviar a imagem para outra saída de monitoração evita que outras pessoas tenham acesso à câmera durante a sua produção.

Este tipo de monitor pode ser montado diretamente na câmera e ainda possui diversos tamanhos, dependendo da sua necessidade. O modelo apresentado conta também com as funções picking de foco, escala do histograma e sinal RGB, entre outras.

Acoplando o Viewfinder

Como você pôde ver no vídeo acima, este monitor traz ainda a função Viewfinder eletrônico. Este acessório é bastante interessante para ter total controle da monitoração da imagem. Pode ser de grande uso em ambientes outdoor, com muita iluminação, ou em qualquer outra situação na qual enxergar a tela se torne um tanto complicado.

O Viewfinder eletrônico permite uma monitoração mais precisa de foco e enquadramento durante a gravação. Fácil de instalar, basta ser acoplado ao monitor para garantir controle total da sua imagem.


Apesar de bastante úteis, estas duas formas de monitoração são indicadas para produções em um nível um pouco mais elevado, de caráter um pouco mais profissional, por assim dizer.

Não é, portanto, o primeiro equipamento que você precisa investir. Mas pode ser de bastante utilidade em algum momento da sua carreira de videomaker, especialmente para oferecer maior autonomia ao seu trabalho.

Caso você já esteja precisando de um monitor, existem diversos modelos disponíveis no mercado. Escolha o que mais se adapta ao seu bolso e ao seu workflow, assista reviews e entenda como eles funcionam e no que eles podem ajudar nas suas produções.

Espero que tenham gostado desta dica e qualquer dúvida deixem um comentário abaixo ou no canal da OZI no YouTube. Até mais!

https://quero.comofacovideo.com/edicao

Deixe o seu comentário