CÂMERAS CATEGORIAS DICAS FILMAGEM

GRAVANDO COM DRONES: 7 ERROS QUE VOCÊ DEVE EVITAR

17 de junho de 2019

author:

GRAVANDO COM DRONES: 7 ERROS QUE VOCÊ DEVE EVITAR

Fala pessoal, tudo certo? Filmar com drones é sempre uma aventura diferente. Isso porque, bem, você está pilotando uma pequena aeronave, não é mesmo? Portanto, se você está pensando em elevar o nível das suas gravações com drone, confira as dicas abaixo.

Neste post, vamos falar sobre 7 erros que você deve evitar. São eles:

  • Gravar em zonas proibidas
  • Não ter um plano de vôo
  • Voar além da área de segurança
  • Ignorar interferências eletrônicas
  • Drone ligado, porém não nivelado
  • Perder orientação
  • Ajustes de câmera incorretos

7 erros que você deve evitar ao gravar com um drone

Todo mundo deve saber: os drones ganharam muito espaço no trabalho dos videomakers por dar a possibilidade ao trabalho amador de capturar imagens de cinema que anteriormente só podiam ser feitas com grandes produções.

Conforme eles foram evoluindo, mais profissionais também puderam passar a aprender com este equipamento e torná-lo acessível. Confira as dicas abaixo para pilotar sem ter problemas durante a sua experiência:

1. Gravar em zonas proibidas

Uma das coisas mais básicas para o profissional de videomaker é sempre ter autorização para gravar. Isso fica ainda mais sério quando se trata de drones.

Quando você adquire um drone, ele geralmente acompanha especificações e instruções que podem ajudar a descobrir se você precisa de registro ou mesmo que lugares você pode ou não gravar. Nos EUA, por exemplo, drones com mais de 250g precisam ser licenciados pelo proprietário e seguir algumas rígidas diretrizes aeronáuticas.

2. Não ter um plano de vôo

Drones são, de modo geral, equipamentos caros, portanto, qualquer problema pode acabar prejudicando todo o plano de vôo.

Sempre fique longe de árvores e fios de transmissão enquanto estiver voando, pois esses obstáculos podem atrapalhar seu curso de vôo. O vento é uma das causas de um drone desviar para as árvores e outras instalações.

Tal cenário pode causar estragos em seu drone, quando de repente ele decola para uma altitude mais elevada. Não se preocupe, pois o recurso de piloto automático pode ajudá-lo a evitar a decolagem em áreas com obstáculos.

3. Voar além do alcance seguro

No manual de instruções, os drones geralmente têm diretrizes sobre o alcance do vôo para que você entenda a vida útil da bateria. Quando possível, fique sempre dentro do tempo e esteja preparado para qualquer interferência. Obstáculos naturais, como a temperatura do vento e do ar, dificilmente podem ser evitados.

As temperaturas do vento e do ar afetam demais o plano de vôo. Conforme você voa mais alto, o vento fica mais forte e imprevisível. A bateria também acaba mais rápido quando o drone tenta combater o vento.

Sempre tome nota da direção e velocidade do vento antes de colocar seu drone no céu. Dessa forma, você garante uma vida útil suficiente da bateria.

4. Ignorar interferências eletrônicas

Em diversos locais, as freqüências eletrônicas de rádio estão geralmente sujeitas a interferências. Portanto, muitas vezes não se pode evitar obstáculos externos. O melhor conselho para quem usa drones é estar sempre preparado para possíveis interferências no campo.

5. Drone ligado, porém, não nivelado

Muitos drones têm opções automáticas de vôo quando estão ligados. Contudo, quando você liga automaticamente seu drone e ele não está nivelado, seu vôo pode não ser estável, porque o drone está em parâmetros errados.

Existem alguns drones que precisam de calibração em todas as mudanças de localização. Certifique-se de aprender como calibrar seu drone e verifique o manual de instruções para obter as melhores orientações sobre o assunto.

Quando seu drone estiver perdendo o controle e flutuando no ar, faça um pouso gradual e reinicie seu equipamento em superfície plana. Outros ajustes como a calibração da bússola, cardan e a calibragem do giroscópio, são importantes se você quiser garantir que seu vôo seja seguro.

6. Perder orientação

Caso seja a primeira vez que você voa com um drone, é normal desorientar-se facilmente ao voar em modo normal. Perder a orientação significa perder o controle do drone durante um plano de vôo. Acontece quando o seu drone não está se movendo na direção que você pretende voar. Quando o seu drone estiver voltado contra você, seu controle direito será virado para a esquerda e vice-versa.

Tenha sempre em mente a posição do seu drone, mantenha a calma e entenda como o seu controle está funcionando em determinados casos.

7. Ajustes de câmera incorretos

Configurar a câmera do seu drone corretamente também pode ser uma das coisas mais importantes para o seu plano de vôo. Fazer os ajustes da sua câmera corretamente é meio caminho andado para capturar imagens incríveis e obter sucesso no seu plano de vôo.

O ponto mais importante para ter em mente aqui é usar a exposição de maneira correta. Você pode optar também pelo modo manual, mas é recomendável usar a velocidade em 1/2fps para manter imagens sempre suaves.

Em dias de calor intenso, você pode também usar filtros ND, ou em modelos como o Mavic 2 Pro, ajustar a abertura para compensar de acordo com a velocidade do obturador.

Existem também algumas técnicas de vôo que podem ajudar a capturar os melhores ângulos, mas configurações de câmera certamente vão ajudar você a capturar as melhores imagens. Portanto, certifique-se sempre de manter sua câmera bem ajustada.

Uma última dica é ter a certeza de comprar os drones certos para gravação de vídeo. Estes equipamentos podem lhe dar uma maior liberdade para configurar sua câmera da maneira correta em parâmetros como abertura, exposição, ISO e mais.

Espero que tenha gostado das dicas. Não se esqueça de se inscrever no canal da OZI no YouTube para receber muito mais conteúdos interessantes. Até a próxima, pessoal!

Deixe o seu comentário