CATEGORIAS EDIÇÃO OZI VLOG PRODUÇÃO

EDIÇÃO DE VÍDEO COM JUMPCUT

17 de janeiro de 2019

author:

EDIÇÃO DE VÍDEO COM JUMPCUT

Fala galera! Um dos recursos mais utilizados em canais no YouTube atualmente é o Jumpcut. Essa técnica de edição consiste em cortar os “espaços vazios” de um clipe, deixando apenas a fala, sem pausas.

Por exemplo, neste estilo de edição são cortadas respirações, pausas e pequenas interjeições que travem o que está sendo dito.

Isso acontece porque cada vez mais o público quer conteúdo rápido e dinâmico. Além de tudo isso, seu conteúdo está concorrendo com outros milhares que são postados todos os dias nas redes sociais. Então ter um vídeo sem essas pequenas pausas pode ser de grande ajuda para impulsionar o que você quer passar para o seu público.

No OZI Vlog #102, Maurício Fonteles fala sobre esta técnica. Apesar de bastante simples de ser explicada, ele conta onde ela surgiu, como ela se aprimorou e dá exemplos práticos de como utilizar nas suas produções. Confere aí!

Jumpcut: um pouco de história

Primeiramente, o Jumpcut não é uma técnica nova. Vamos voltar um pouco no tempo para entender de onde ela veio e como se difundiu no mercado.

Em meados de 1940, foi estruturado o chamado Cinema Clássico, no qual os diretores faziam de tudo para que as pessoas ficassem realmente imersas sem perceber que estavam assistindo a um filme, mas sim vivendo aquela experiência.

Nesta época, uma das técnicas mais utilizadas era o chamado corte invisível, mantendo sempre os movimentos controlados de um plano para outro. Dessa forma, por mais brusco que um corte pudesse ser, o movimento levava o espectador a compreender o que estava se passando.

Em 1950/60, a Nouvelle Vague de Jean-Luc Godard e Francois Truffaut construía narrativas utilizando o Jumpcut. Rompendo com o corte invisível, essa época passou a querer mostrar os cortes ao espectador, causando certo estranhamento. Eles queriam que você realmente acompanhasse cada corte, ao invés de tentar escondê-los.

Jumpcut no YouTube

Quando você usa o Jumpcut num canal de YouTube, o que você realmente está buscando é suprimir os espaços vagos. Assim, a pessoa fala de maneira intermitente, sem momentos de reflexão, pausas ou mesmo respirações.

Ou seja, a linguagem dos vlogs quer manter o espectador atento o tempo todo no que o vídeo está dizendo. Isso torna o conteúdo mais interessante e mantém o foco no seu vídeo, não em outras distrações que possam aparecer.

Uma outra peculiaridade desta técnica no YouTube é que muitos criadores de vídeo utilizam a técnica mudando de lugar, para criar a sensação do corte ainda mais intensa nos vídeos.

Legal, né? O Jumpcut é, portanto, uma das melhores formas de cativar a atenção do seu público, especialmente no YouTube. Você já usa esta técnica? Conta pra gente aqui nos comentários a sua experiência. E não se esquece de seguir o canal da OZI no YouTube para receber mais dicas interessantes como essa.

Até mais!

Deixe o seu comentário