CARREIRA CATEGORIAS DICAS

O CLIENTE TEM SEMPRE A RAZÃO?

22 de maio de 2019

author:

O CLIENTE TEM SEMPRE A RAZÃO?

Fala galera! Todo mundo aqui já ouviu em algum momento da vida este chavão do mundo dos negócios: “o cliente tem sempre a razão”. Este é um assunto que, embora pouco discutido, pode acabar gerando alguma polêmica no fim das contas.

Quando se trata de uma doceria, por exemplo, faz sentido agradar um cliente ao máximo. Assim, ele pode acabar comprando sempre mais, mesmo que não seja o cliente ideal. Contudo, ao se tratar de vídeos, será que o seu cliente sabe dizer exatamente o que precisa como resultado final?

Neste episódio da série OZI Embaixadores, Elcio Carvalho fala tudo acerca deste assunto. Assista abaixo:

Uma coisa é fato: se o cliente soubesse exatamente tudo sobre o seu trabalho, ele não teria te contratado. Em primeiro lugar, é um fator primordial assumir que você tem mais expertise que o seu cliente. Isso pode fazer com que você ajude com alguma dica extra, algum apontamento que o cliente não vai descobrir sozinho. Isso também é parte do seu papel enquanto videomaker.

Nós não precisamos vender pra todo mundo ou agradar todo mundo. Sempre haverá um cliente descontente ou insatisfeito com nosso preço, com a qualidade do nosso trabalho

Dizer sim o tempo todo pode ser prejudicial.

No vídeo acima, Elcio dá o exemplo sobre como aceitar tudo de um cliente pode acabar prejudicando o seu trabalho. Muitas vezes, o cliente acaba não compensando e pedindo sempre muito a mais do que o combinado.

Taxa de estresse

Essa é uma técnica bastante famosa e geralmente funciona, embora em algumas ocasiões o tiro possa acabar saindo pela culatra.

A taxa de estresse funciona assim: quando você NÃO quiser atender alguém, cobre sempre três vezes mais. Esta é a taxa que pode pagar a falta de petulância, agressividade ou até a insubordinação do contratante em relação a este job.

É claro que existem algumas coisas que nem o dinheiro pode pagar. Por isso, caso esse indesejável cliente aceite sua oferta, você pode acabar tendo problemas neste job, mesmo recebendo o triplo.

Ferramenta do SIM – NÃO – SIM

Esta técnica é bastante simples. Quando vier alguma objeção, você vai dizer que compreende. Isso vai colocar você e o cliente do mesmo lado.

O segundo passo é o porquê. Aqui você vai explicar exatamente os motivos de não poder entregar a necessidade que o cliente precisa.

A última parte é encontrar uma alternativa que supra as necessidades dele sem descontar tudo em cima do seu trabalho. Aqui é hora de equilibrar as demandas para que tudo se encaixe e o trabalho flua perfeitamente.

Viu só? O cliente sempre tem razão, porém com várias ressalvas. É preciso conversar e deixar bem claro qual será o seu trabalho em determinado projeto e como vai funcionar o workflow de acordo com a necessidade do cliente.

Dessa forma, tenha certeza de que você vai ter resultados incríveis e impressionar ainda mais os seus clientes.

Não se esqueça de se inscrever no canal da OZI no YouTube. Assim você vai receber mais dicas como esta e assistir muitos conteúdos interessantes. Até a próxima!

Deixe o seu comentário