ÁUDIO CATEGORIAS DICAS PRODUÇÃO REVIEW

MICROFONE BLUE YETI PRO USB XLR

3 de maio de 2019

author:

MICROFONE BLUE YETI PRO USB XLR

Fala galera! No post de hoje, vamos falar sobre um microfone híbrido bastante interessante: o Blue Yeti Pro USB XLR. Este modelo é bastante completo e, apesar de seu preço um tanto acima dos padrões para um microfone, ele pode acabar surpreendendo. Isso por conta de sua versatilidade, uma vez que ele pode ser usado para diversas finalidades, desde a gravação direto na mesa, até a gravação de instrumentos musicais, por exemplo.

Confira no OZI Tech #041, onde Mauricio Fonteles conta tudo sobre este equipamento. Antes de mais nada, procure assistir o vídeo abaixo com fones de ouvido plugados, dessa forma você poderá entender melhor como funciona a qualidade de áudio do Blue Yeti Pro. Dá uma olhada:

Conheça o Blue Yeti Pro USB XLR

Primeiramente, como você viu, o maior fator para a decisão de compra foi o fato deste ser um microfone híbrido. Isso quer dizer que ele tem tanto uma saída XLR para ser usado junto a uma mesa de som, quanto uma saída USB permitindo que ele funcione por si só como uma interface de áudio, facilitando a vida na gravação digital.

Entretanto, a versatilidade do Blue Yeti Pro não acaba por aí. Afinal de contas, ele também possui ainda 4 modos de captação. Este modelo funciona nos padrões: cardióide, bi-direcional, omni direcional e estéreo.

Quais as diferenças entre os modelos de captação?

Cardióide

Esta é a gravação simples, em mono. É a forma mais comum, especialmente para a gravação de vlogs, ou sonoras feitas por apenas uma pessoa. Isso porque ele tem a maior capacidade de captação na frente do microfone e redução de ruídos vindos da parte de trás.

Bi-direcional

Neste modo, o Blue Yeti Pro capta em duas direções diametralmente equivalentes. Dessa forma, uma conversa entre duas pessoas frente a frente pode ser muito bem captada, sendo portanto uma boa opção para pequenos podcasts, por exemplo.

Omni-direcional

Ao colocar o microfone neste modo, entenda que ele vai captar tudo o que acontece ao seu redor. Pode ser usado para rodas de conversa, por exemplo, mas muito cuidado! Este modo de gravação pode acabar capturando sons indesejáveis do ambiente da sua gravação.

Estéreo

Este modo é pouco utilizado para gravações de voz, uma vez que depende extremamente do posicionamento do Blue Yeti Pro e da pessoa que está falando. Qualquer mudança pode afetar o resultado final. Pode ser utilizado para gravações de instrumentos, ou mesmo para dar a sensação de profundidade em alguma ocasião específica.

Resumo do Blue Yeti Pro

Por conta de sua alta sensibilidade, uma das dicas é não falar muito próximo ao microfone. Isso pode evitar distorções indesejadas nas sonoras ou nas gravações em geral. Trabalhar as gravações em ambientes mais silenciosos é importante para que não haja vazamento de ruídos na sua gravação final. Por fim, nos EUA você pode encontrar este modelo por volta de $250, enquanto no Brasil ele deve custar cerca de R$ 2.000.

E aí, gostou? O Blue Yeti Pro é um microfone super completo para resolver qualquer problema na hora da captação de áudio, além de ser um equipamento muito bonito e com uma construção muito bacana. Espero que tenha gostado! E não se esqueça de acompanhar o canal da OZI no YouTube para receber mais dicas e reviews como este. Até a próxima!

Deixe o seu comentário