CARREIRA CATEGORIAS DICAS FILMAGEM OZI VLOG PRODUÇÃO

5 DICAS PARA FILMAR SOZINHO

4 de outubro de 2018

author:

5 DICAS PARA FILMAR SOZINHO

Fala galera! Hoje vamos falar sobre gravar sozinho. Filmar sem uma equipe envolvida é um desafio, no mínimo, interessante. Você vai acabar testando sua atenção em diversos níveis. Com o passar do tempo, você acaba tirando de letra e se atentando cada vez mais a todos esses pequenos cuidados que precisa tomar durante a gravação.

No OZI Vlog #097, Maurício Fonteles dá 5 dicas essenciais na hora de fazer vídeos sozinho:

5 dicas para gravar sozinho

1 .Todos os equipamentos devem estar gravando

No vídeo acima, como você pôde ver, Maurício conta sobre o job que estava participando sozinho. Naquele momento, ele estava usando a câmera e um gravador de áudio com dois microfones de lapela ligados.

Portanto essa dica, apesar de parecer óbvia, é a mais importante de todas: primeiramente, certifique-se de que todos os equipamentos estão gravando para não ter problemas futuros com o material. Para isso você precisa ver e ouvir todos eles funcionando.

2. Mantenha a calma

Ao gravar sozinho, você vai ter que assumir uma série de funções que vão desde carregar o equipamento, até montar a luz e o restante do setup.

Assuma a posição de liderança na produção e mantenha todos no set cientes de que você está dando o melhor de si e procurando captar o material da melhor maneira possível. Isso vai ajudar a manter a calma de todos e, o mais importante, manter você mais tranquilo para executar o job.

3. Marque um ponto de sync

Na hora que você começar a gravar sozinho, peça ao entrevistado para bater uma palma. Isso vai ser indispensável na hora de editar, caso você esteja gravando o áudio separadamente. Peça sempre com calma e com respeito, pois muitas vezes as pessoas não sabem do que se trata. E não hesite em explicar a necessidade das palmas também, isso pode fazer as pessoas se sentirem mais participativas na sua produção.

4. Se dê o direito de parar o set

Tenha o controle sobre tudo o que está acontecendo na produção. Em outras palavras, você pode e tem o dever de parar a gravação para controlar uma situação adversa. Jamais deixe acontecer algo que pode acabar estragando todo o material simplesmente porque você acredita que vai travar uma naturalidade da cena, ou de uma fala em especial.

No fim das contas, parar tudo para esperar um barulho de avião passar, por exemplo, pode ser o ponto chave para a qualidade do seu conteúdo.

5. Confira o material

Terminou de gravar tudo, ficou massa! Então agora é só desmontar tudo e levar pra editar? Muita, mas muita calma! Depois de gravar tudo, assista o material que foi gravado, na medida do possível. Confira o áudio do gravador, as cenas e tudo que envolver aquele momento.

Acima de tudo: Nunca deixe para verificar o que foi gravado somente depois de chegar em casa.

No vídeo, Maurício conta sua experiência no set. Para facilitar esse checklist final, ele leva o notebook para descarregar o material. Muitas vezes, inclusive, ele mostra para o produtor, entrevistado ou personagem como ficou a captação. Isso é interessante para aproximar as pessoas que participam do vídeo daquele momento que antecede a pós-produção.


Por fim, essas dicas, além de funcionarem muito bem para trabalhar sozinho, servem também para outras situações. Manter um checklist das suas atividades no set pode ajudar ainda mais a não esquecer nada.

Espero que tenha gostado e não se esqueça de acompanhar o canal da OZI no YouTube para receber muito mais dicas sobre a produção de vídeo. Até a próxima, pessoal!

Deixe o seu comentário