CATEGORIAS DICAS FILMAGEM OZI VLOG

4 DICAS PARA FILMAR EVENTOS

9 de julho de 2018

author:

4 DICAS PARA FILMAR EVENTOS

Olá, pessoal! Cada tipo de vídeo tem suas particularidades e alguns exigem de você um pouco mais de atenção em determinados aspectos. Por isso, trabalhar com filmagem de eventos depende de algumas habilidades e cuidados que podem fazer o seu trabalho ser muito mais produtivo no fim das contas.

Assista abaixo um pequeno making of de um evento gravado por Maurício Fonteles no OZI Vlog #312. Este vídeo registra uma espécie de palestra com dinâmica cuja ideia era captar o material completo do que foi transmitido durante o evento para que fosse usado como pequenas pílulas de conteúdo:

Em primeiro lugar, uma maneira interessante para começar o seu trabalho em um evento é encontrar a linguagem que você quer para o seu vídeo.

No vídeo acima, foram pensadas formatos diferenciados, a fim de capturar imagens mais dinâmicas, com câmera na mão por exemplo. Puderam ser trabalhadas também outras estéticas como imagens com fundo desfocado e baixa profundidade de campo. Tudo isso em alta qualidade para um resultado final excelente.

Além disso, foram capturados detalhes específicos como reações da platéia e outros detalhes que acrescentam na hora de usar imagens de cobertura, por exemplo.

Abaixo enumeramos algumas dicas dadas por Maurício no decorrer deste vídeo:

Autonomia

Esta primeira dica é talvez a mais importante de todas: você precisa estar preparado para eventualidades. Nem sempre o fluxo do trabalho corre conforme o esperado. Portanto, é indispensável manter a autonomia de energia para as suas câmeras e iluminadores com baterias extras e a possibilidade de ligação em uma tomada A/C.

Outro ponto decisivo para gravar é a sua capacidade de armazenamento. Sobretudo quando você vai gravar um evento de longa duração, como o citado no vídeo. Uma forma de estar preparado para este tipo de evento é estar sempre com cartões de memória e HDs externos extras para o dia da gravação.

No vídeo, Maurício conta que gerou cerca de 350GB em arquivos em um evento de 7 horas. Por isso é importante ter sempre à mão alternativas extras para armazenamento e energia.

Informação é chave

Esta dica é conceitual: preste atenção no que exatamente você busca enquanto trabalho final. Ao entender todas as partes do processo que compõem o seu vídeo e toda a estrutura tanto de roteiro, quanto de montagem e edição, você vai poder explorar diversos pontos que podem acabar despercebidos.

A informação produzida no evento pode vir de diversos lugares, como um quadro branco, ou mesmo de interações da platéia. No vídeo, Maurício conta sobre como o evento era baseado na apresentação do conteúdo com perguntas do público. Neste caso,  foi absolutamente necessário o trabalho do técnico de som para extrair o áudio dos microfones direto da mesa.

Esteja sempre pronto

Esta dica é um tanto redundante e tem bastante a ver com a primeira, mas vale deixar frisado: esteja sempre preparado para qualquer eventualidade. Problemas com o seu equipamento podem acabar acontecendo e você precisa de planos alternativos para cada situação. Pensando com bastante clareza, você vai garantir a segurança da informação e a qualidade da sua produção de vídeo.

Imagens de cobertura

Outro ponto importante: faça planos da preparação do evento e detalhes das pessoas, com reações e interações. Essas imagens podem essenciais na edição, além de ser um material extra caso você precise mascarar falhas ou cobrir trechos.

 


 

Então por hoje é só. Se você já trabalhou com eventos ou pensa em entrar nessa área, essas dicas podem acabar salvando as suas produções. Não se esqueça de seguir o canal da OZI no YouTube para receber muito mais dicas e novidades sobre o assunto.

Espero que tenha gostado e até a próxima!

Deixe o seu comentário